Digital clock

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Vista branco!


No corre corre dos autos


a pressa de se chegar


aonde?


à vida?


à morte?


O tempo passa em segundos


a vida passa em seguida.


Onde está esta gente


que fêz parte do meu mundo?


Alô? Alguém aí?


O ar cheio de impurezas


tem cheiro de traições.


No chão o sangue que escorre


tinge de culpa os senões.


Violência mora lá


na esquina, no sobrado.


E o povo anda assustado,


não sabe que rumo tomar.


Acuda, acuda, acuda


a Bandeira Nacional!


Chora o pai, chora o filho


da Terra que os pariu.


Ouve-se gritos de paz


da boca dos inocentes.


Ouve-se os tiros que ceifam


a vida de toda esta gente.


Quem viveu viu


de onde esta bosta

partiu!







25/11/10











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores