Digital clock

terça-feira, 31 de março de 2009

Luaaaaaaa...(Rondel)


Quem dera eu pudesse ter
o brilho da tua prata
quem dera eu pudesse ser
a musa da madrugada.
Quem dera eu pudesse encher
de sonhos a serenata
Quem dera eu pudesse ter
o brilho da tua prata.
Luz do céu, do anoitecer
que ilumina nossa estrada
que inspira meu viver
eu te bendigo - adorada!
Quem dera eu pudesse ter...
31/03/09

Solidão (Poetrix)


Um olhar perdido.
Esperanças mortas.
Um homem e suas memórias.


31/03/09

segunda-feira, 30 de março de 2009

Luiza


Menina da cor de canela
sorriso levado e matreiro
cabelos largados nos ombros
andar gracioso e ligeiro.
Lá vai a pequena Luiza
com olhar de menina sapeca
mochila jogada nas costas
já vai a menina pra escola.
Parece uma bela andorinha
que mal aprendeu a voar.
Voa, voa pequenina
que Deus vai abençoar!
30/03/09

Trovejando...


Amei, isto é verdade...

mas por amor quem nunca errou?

O coração, este covarde,

Foi quem mais me enganou!

Flor do amor, azul turqueza...


Acredito que não seja minha
a flor do amor verdadeiro
porque nasceu escondida
no vão do despenhadeiro.
Quem sabe em outra existência
a flor do amor brotará
num vale regado de encanto
onde eu a possa alcançar?
Ou na beira de uma estrada,
onde o vento sopra frio,
a flor do amor desejado
encontrarei no caminho...
Não foi minha sina alcançá-la
flor do amor, azul turqueza,
nenhuma flor que eu colhi
teve tamanha beleza!


30/03/09






domingo, 29 de março de 2009

Hoje...(12)


Eu tive um sonho

um sonho triste

mas por que contar?

você não acredita em sonhos...

E estou aflita,

algo me angustia,

não posso dividir

não sei com quem falar...

Me dá sua mão,

apenas isso

deixa eu deitar no seu ombro?

me faz um cafuné?

Queria dormir de novo

e acordar sem este vazio,

este sentir não sei o que

que me dá muito medo...



29/03/09



O toque do clarim


Amanhece o dia
gotículas de orvalho
escorrem das folhas.
O sol vem levantando
do seu adormecer
e beija as flores do nosso jardim.
Quanta poesia há neste momento,
nesta alvorada de completa luz!
Gorjeiam os pássaros em revoada
recolhem-se estrelas ao toque do clarim!
29/03/09

sábado, 28 de março de 2009

Filha do Homem



Caminhar, embora as pedras.

Mesmo que eu tropece

e caia

mil vezes levantarei

e não me intimidarei.

Porque foi assim que aprendi

quando olhei Aquele Homem

julgado pelo que não fêz

cair e levantar com sua cruz.

Mesmo que a dor me martirize

e me ironizem o pranto

caminharei ...

porque eu

eu sou filha deste Homem.

29/03/09

Somente hoje...


Hoje, somente hoje,

preciso estar ilhada,

isolada em pensamentos.

Tentar entender os porquês,

respostas vazias,

mãos vazias,

o meu vazio...

Recolher pedaços de mim,

projetos de sonhos,

sonhos perdidos,

caminhos pro nada!

Rever meus preceitos,

preconceitos, pré-conceitos,

despertar.

Onde estão meus valores?

Preciso me amar!

Não quero mais chorar...

pé na estrada!

Fé na vida, fé em Deus!

Chegar lá! Chegar pro tudo.

Sem culpas, sem receios.

Sem marcha ré...

Retomada.




23/11/1996

Saudade


"Escrevi na areia SAUDADE

pra onda do mar levar~~ ~~"



28/03/09

Haikai


PASSADO E PRESENTE
NATUREZAS VIVAS
BELEZAS DIFERENTES


28/03/09

Caixinha de presente




Verso do inverso


travestido de sóis


não lhe cobrem as mentiras


nem falsos pudores


porque exibe verdades,


as suas verdades


de alma e cara lavadas.


Uma caixinha de presente


exposta a olhares


diversos, patéticos, curiosos...


Quem a desembrulha


descobre em seu interior


bela criatura que faz do sorrir


um canto de paz.






28/03/09

sexta-feira, 27 de março de 2009

Cirandas de menina


Roda pião, bambeia pião...


O pião entrou na roda
rodopiando emoção.
E agora o que sobrou
do amor que invernou?


O que era doce já era
O que era sonho acabou.


Eu entrei na roda-dança
eu não sei como dançar.
Eu entrei na contradança
cirandinha, cirandar,
destes sonhos de menina
meia volta vamos dar.

Pirulito que bate, bate
bate como o coração
nesta vida chocolate
dura pouco a ilusão.
O anel que tu me destes
dona chica me levou,
não bebi da sua fonte
no Tororó me deixou.
Acredite minha gente
esta dança não é nada
e se não dançar agora
dançará n'outra ciranda


Ah,eu entrei na roda!
eu não sei como dançar
eu entrei na contradança
e fiquei sem o meu par.

Roda pião, bambeia pião...



27/03/09





ESTAÇÕES




Era primavera...e os primeiros botões

entreabriram-se no jardim da minha alma.

Como criança, à chegada do Papai Noel,

sorria e sonhava com o seu "presente",

para aninhar-me em seus braços e provar deste seu mel.

Mas o outono se antepôs ao verão de nossos planos

e eu vi acercarem-se do meu jardim

folhas secas, levando-me o sorriso da menina

que espera o apaixonado num cavalo branco,

com porte altivo e de asas longas,

que a levaria a caminhar nos sonhos.

Queda-me os olhos cansados de porquês.

Nada há talvez...Preciso não ter pressa.

Pois a natureza mutante me trará de volta

a beleza das flores que imaginei colher.

Embora eu lamente que não haja dança

das borboletas azuis no meu interior,

perdoa meu amado se lhe trago fardo,

por ser impaciente com o seu sofrer.

Prometo aquietar-me e silenciar meu pranto,

se a você também machuca a flor que não nasceu.

Que o vento leve todos tolos galhos secos,

que a cigarra entoe um canto novo de verão,

que eu espere crédula a nossa primavera,

pois que o inverno é próprio do amor que já morreu.


04/11/2007

VIDA


Minha vida

vida minha

triste sina

sina minha

seu amor

minha saudade

da saudade

faço rimas

e me embalo

nesta rede

deste amor

que me domina

e me arrasta

pra esta sina

de viver

sem seu amor.


30/10/2003

EAJr.

quinta-feira, 26 de março de 2009

A casa dela


A casa dela

não é feia,nem é bela,

nem branca, nem amarela,

mas que segredo ela tem?

Não há grades nas janelas,

nem portão com fechadura,

tem gente que nem agente,

crianças e travessuras.

O tempo que faz lá dentro

é bem diferente de fora,

tem papo pra toda hora,

tem hora de dar um tempo.

Tem pó, risada e café,

mulheres de toda cor

amadas ou mal amadas,

piradas,sensatas, de fé

Quem nunca entrou não conhece,

se não conhece, não fale!

Quem já entrou nunca esquece,

sempre volta porque sabe

que a casa está sempre aberta,

assim como um coração.

Não tem trancas fora dela

mas tem Deus de proteção.

Os olhos que veem demais

usam de linguas profanas

falam cobras e lagartos

jogam pedras, criam fama.

Mas na verdade acontece

que escondem no mal a vontade

de também estarem ali

partilhando esta amizade.



1900...e lá vai o bonde!

Sono da lua

Amanhece...
lua adormece
silencia.
Sonhos seus
pontinhos de luz
poesias.
Vestida de organza
tom de azul
leve fragância
floral.
Nem vê o sol
dourando a ti
frígido
sentir
lua minha,
lua sua,
lua
só.
26/03/09

quarta-feira, 25 de março de 2009

Sede


Ah,meu amor cigano
que me prende em sua tenda
e dança comigo no fogo
desta paixão que me queima.

Ah, meu amor bandido
banido de todas as juras
me toma, me traga,consome,
me leva nas suas loucuras.

Ah, meu amor escravo
no meu corpo tatuado,
caminho do seu prazer,
vem fazer amor comigo
me derreter com seus beijos
minha fonte de desejos
meu amado é você.



25/03/09

Passaraio (Rondel)


Tempo passa e não perdoa
passa o dia, a estação
passa dor da vida atoa
só não passa a solidão.
Vida dura, vida boa
paz, amor, contemplação
tempo passa e não perdoa
passa o dia, a estação.
Passarada que revoa
passarinhando emoção
passa o amor que não se doa
triste faz seu coração
tempo passa e não perdoa!
25/03/09

Meu coração (Poetrix)


Coração nas nuvens
seca suas dores
renasce.

Hoje...(11)


Hoje
me sinto azul
O céu é azul
O amor é azul
e a poesia tinge.
Todo meu ser azul
num lago azul
mergulha azul
não vejo cores tristes.
Aceno para a lua
a lua azul
imenso azul
que a minha alma exibe.
25/03/09

O beijo do beija-flor


Moça triste na janela

saudosa do seu amor

eis que surge perto dela

um alegre beija-flor.

Parece sentir-lhe a tristeza

e bate as asinhas no ar

bailando entre as flores

faz a menina espiar

Vai beijando flor em flor

cavalheiro atensioso

visitante das manhãs

com o seu olhar bondoso.

A moça então se esquece

da dor que a deixa sem gosto

e num palpitar estremece

com um beijo no seu rosto

Diz o beija-flor sem graça:

-Não queria lhe assustar!

Trouxe a sua encomenda

não precisa mais chorar.

E se foi com doce encanto

dos olhos daquela menina

que exugou da alma o pranto

e sorriu agradecida.



25/03/09



terça-feira, 24 de março de 2009

Quero...

Quero o silêncio das águas de um lago,
das pedras que esperam seu toque sutil.
Quero a esperança dos filhos que nascem
e a beleza das folhas que caem em abril.
Quero o sorriso de gente miúda
que traz uma flor roubada pra mim
Quero a canção que fale de sonhos
e mil borboletas azuis no jardim.
Quero seus olhos morando nos meus
e a paz das manhãs quando o dia chegou
Quero o desejo nas pontas dos dedos
e o descanso dos corpos depois do amor.

24/03/09

Menino vento


Vento sopra no telhado
uma triste sinfonia
às vezes me deixa assustada
porque traz melancolia.
Outras vezes me parece
violino apaixonado
que toca o amor em prece
de um coração desprezado.
Me aconchego nos seus braços
antes da noite chegar
E adormeço os meus medos
com o menino vento a tocar.
24/03/09

Hoje já disse que te amo?



Bom dia, clarear do dia!

Bom dia, aves do céu!

Bom dia, flores da estrada!

Bom dia, Senhor Menestrel!

Autor de tantas belezas

espalhadas na Natureza.


Bom dia, filhos amados!

Bom dias, netos queridos!

Bom dia, a toda família!

Bom dia, também meus amigos!

Todo sorriso é magia

Que enfeita e contagia.


Vou confessar nestes versos

algo que eu não conseguia

e aprendi nestes anos

com uma certa alegria

é que dizer "Eu te amo"

dá a alma alforria.

Livre de preconceitos

e pré conceitos morais

Hoje eu digo que te amo

e não me encabulo mais.



24/03/09


segunda-feira, 23 de março de 2009

Trovisbaby

A bela Manoella é assim
de pele alva e macia
botãozinho cor de rosa
nos olhos duas safiras.


23/03/09

MEUS HOJES...(1,2,3,4)




Hoje...(1)



Insípida manhã.

Um sol tímido sorri,

Por trás da cortina de algodão.

Aquece, mas não se faz brilhar.

Não faz cantar os pássaros,

Nem o meu coração.


***********
Hoje...(2)
Fito o céu...
Olhos embaçados,
Cristais teimam rolar.
Cabeça gira em volta do sol
Tempo desperdiçado
Sonhos picados
Esperanças perdidas
Ilusões vencidas.
Corpo largado ao léu.
Me deixa adormecer!
Quero acordar com a lua.
Quero me sentir crua.
Quero recolher meus caquinhos.
Quero poder esquecer.
************
Hoje...(3)
Hoje canto o canto dos pássaros,
Abro minh’ alma como a flor no jardim.
Saio de casa de mãos dadas com a lua,
Deixo brincar a criança em mim.
Quero sorrir para os que eu encontrar,
Quero brindar com as estrelas do céu.
Quero sentir o aroma da noite.
Quero viver este amor que é só seu!
27/01/09
******************
Hoje...(4)
DIA TRISTE, DIA CINZA...
ESPERANÇA NUBLADA.
DIA COM SOL ESCONDIDO,
TAMBÉM QUERENDO CHORAR.
PRANTOS SENTIDOS, GRITOS CONTIDOS,
NUM CORAÇÃO DE MULHER
PELA DOR DILACERADO.
POSSO OUVIR O SEU GEMIDO
NUMA CANTIGA LAMENTO
EMBALANDO SEU FILHO
NO SEU ÚLTIMO LEITO.
AH, CORAÇÃO DE MÃE!
QUANTO AMOR!
QUANTA AGONIA!
OH,DEUS! DAI A ELA CONSOLO!
E A FORÇA DA VIRGEM MARIA!

+02/02/2009
A ANGELAPELA PERDA DE SEU FILHO LEONARDO
************
Nota: Complentando a sequência dos Hojes,já publicados.

Caminho iluminado


Traço um caminho a seguir
Onde a poesia é presente
deixando a alma fluir
em tudo que é e o que sente.
Caminho num delicado risco
delineado pela intuição
vou colorindo com versos
como dita o coração.
Com passos de bailarina
tento nele equilibrar-me
entre a intenção da lua
e a realidade a abraçar-me.
E neste espaço de sonhos
estrelas de luz me seduzem
motivando meu caminhar
entre elas me conduzem.
23/03/09
Uma homenagem aos Recantistas que carinhosamente me visitam.

Meus Pais (Rondel)


Os anos branquearam só os cabelos

A experiência os torneou sensatos

Vidas que nos ofertam com desvelos

mananciais de seus prudentes atos.



Abençoados somos por ainda tê-los

participantes em amorosos tratos

Os anos branquearam só os cabelos

A experiência os torneou sensatos.



Anjos que atendem nossos apelos

E que permeiam da vida os fatos

Nos compensando com tais zelos

e olhares densos de valores natos.

Os anos branquearam só os cabelos...




23/03/09

Grito (Poetrix)


Anjo maculado
infância interrompida
pedofilia.
23/03/09

domingo, 22 de março de 2009

Tentação (Indriso)


Oh, lua clara,lua cheia!
Clareia, lua clareia
os olhos de quem te rodeia.
A noite está mais bonita
No céu brincam estrelas
Clareia,lua clareia!
Um gato olha aflito.
Espera o queijo alcançar.
RJ, 22/03/09

Cantinho azul


Quero um cantinho pintado de azul

com a janela de frente pro mar

de manhãzinha passear na areia

e a noitinha só pra namorar

nós dois juntinhos no clarão da lua

tecendo planos para o amanhecer

e na varanda bem rente à rua

deitar na rede pra beijar você

Teremos sons de grilos reunidos

Os vagalumes bailando ao redor

Cigarra avisa que vai fazer sol

E a sinfonia ficará melhor.

Eu quero flores colorindo a entrada

Quero sentir o cheiro de jasmim

Quero estrelas pela madrugada

Quero teu corpo bem junto de mim.

Nosso cantinho será nossa história,

e juntaremos nossos querubins

que às garalhadas encherão a casa

de alegria e comunhão enfim!



22/03/09

Carta à Poesia

RJ, 22/03/2009
Senhora Poesia,


Venho lhe comunicar

que de agora em diante

as coisas podem mudar.

Vou despi-la de aflições

das dores que calam no peito.

Vou vesti-la de dourado

e coroá-la com beijos.

Quero vê-la desfilando

nas linhas do meu caderno,

com a beleza da lua

e a certeza do eterno.

Ah,Senhora Poesia!

Quanto bem você me traz!

Passo as horas navegando,

Seu perfume me atrai.

Por isso não quero deixá-la

chorando males de amores

Vou tentar recompensá-la

Cobrindo seus versos com flores.



CrisFigueira*


Haikai


Folha de Outono
Amarelada emoção
Eu e minha solidão

Triângulo amoroso (Poetrix)


Pássaros lado a lado
Equilibram-se no jogo
Um pede pra sair.

Sonhos (Poetrix)


Imagens distorcidas

Desejos prenhos

Viagens permitidas

sábado, 21 de março de 2009

Criador e Criação


Vagueiam em imagens e cores

criador e criação

pássaro, liras e flores

sonhos, luz, dispersão...

Dispõe do sentir e dores

do seu próprio coração

vagueiam em imagens e cores

criador e criação

Escreve dos seus amores

explodindo em emoção

descrevendo seus sabores

que em total sedução

vagueiam em imagens e cores.

21/03/09

TAINAH



Tens a paz no teu sorriso e
A energia no olhar,

Irradiando grandeza.

No teu jeito de expressar. Como

A luz de um raio de sol

Hás de muito brilhar!


* 21/03/09

Sabedoria anfíbia


"A sabedoria de quem engole sapo

é esperar pacientemente a hora

que a vaca também vai pro brejo!"



Cris*

Não quero migalhas




Acreditei nas surpesas

de um amor verdadeiro,

além das promessas de ter

você por inteiro.

Assim fui acrescentando

dia após dia,

como gotinhas homeopáticas,

esperança em minha vida...

Você sabia do meu sentir.

E me permitiu sonhar.

Alimentando-me com palavras.

Seduzindo-me o coração.

E depois sumia de mim.

Para voltar e me mostrar

uma outra face

mórbida, covarde, cruel.

Viciou-se nas minhas fraquezas

e por tantas vezes agiu assim.

Agora, chega! Ponto final!

Não quero migalhas!

Guarde-as para as galinhas

que ciscam no seu quintal!



21/03/09

Metamorfose


"Não vou mais rastejar entre as folhas,

ganhei asas e passeio entre as flores."(Cris*)

Cilada


A menina fazia seus castelos de sonhos,
mas o menino mau os derrubou....
20/03/09

sexta-feira, 20 de março de 2009

RENÚNCIAS



RENUNCIO :
AO AMOR INACABADO
ÀS PALAVRAS PROFERIDAS
A DOR QUE AINDA TEIMA
E A VIVER DE UTOPIAS.


RENUNCIO:
À MENTE ACORRENTADA
ÀS PROMESSAS NÃO CUMPRIDAS
AO ENCONTRO DESEJADO
À HISTÓRIA NÃO VIVIDA.


RENUNCIO PORQUE A ALMA QUEBRANTADA
PEDE SOCORRO E JÁ NÃO TEM MAIS ILUSÃO.
ME FALTA O AR, ME FALTA AMAR,ME FALTA CHÃO.
É TEMPO DE TIRAR AS FARPAS DO MEU CORAÇÃO!


RJ.20/3/09

Haikai


Cata-vento no tempo
cata-tempo no vento
recolho meus sentimentos.
20/03/09

Amanhecer com você




Desperta,amado meu,

vem ter comigo o beijo da manhã!

Vem ver o sol cumprimentando a Terra,

sentir o doce gosto de hortelã.


Desperta, amado meu,

vem ter comigo à beira da janela,

ouvir os pássaros em festa matinal

e admirar as rosas amarelas...


É junho. Amanheceu!

Avida entra livre pela porta.

A brisa é suave.

Tem cheiro de café.

Hunnnnn...

Eu, você...

Somente nós.

Si-len-ci-o-sa-men-te apaixonados.

Desperta, amado meu!

Vem ter comigo por sobre os lençóis.


10/06/2008

Homenzinho azul


O estranho homenzinho azul

porte altivo,majestoso

mascava palavras com mel

vendendo sonho entre as flores.

Deixava o perfume no vento,

falas tristes decoradas,

arrebatando almas tolas

por ele apaixonadas.

Pobre homenzinho azul!

Das flores que ele amava

deu-se um punhado de luz,

foi-se o encanto do nada!

Recolheu-se então sozinho,

entre as notas musicais -

companheiras de conquistas.

E adormeceu na saudade,

velado pelas falanges,

memórias da poetisa.



09/04/2008

Haikai


aranha tece a teia
sua teia trama
amor perdido na teia

Beijos doces


Não gosto de vinhos secos

Nem me convides a beber

Prefiro os vinhos doces

tinto ou branco,pode ser.

Nada entendo de vinhos

só sei que eles me embriagam

e acendem o meu desejo

como o doce dos seus beijos.



Réplica ao texto "Beijos" de Ivan Cézar (Recanto das letras)



20/03/09

quinta-feira, 19 de março de 2009

A minha menina


A minha menina cresceu

e hoje é uma mulher

guerreira, vaidosa, ciente

sabe bem o que quer.

Tem o sol como regente

e um leão no coração,

tem um brilho no sorriso

e as esporas na emoção.

Ás vezes a mulher é menina

também precisa chorar

e pede colinho de mãe

pro seu coração embalar.

A minha menina cresceu

E sabe bem o que quer

Mas sempre será menina

Nos olhos desta mulher.




19/03/09


Parada Obrigatória


Parei

chega

cansei

até um dia!

Tudo foi dito

esclarecido

perdido

paciência!

Lá vem o trem

na estação

preciso ir

solitária

não importa!

Lá vem o trem

coração partido

Deus no comando

seu lugar vazio.


xic xic xic xic xic....piuíiiiii...fui!


19/03/09


Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores