Digital clock

sábado, 14 de março de 2009

Absolvidos





Não sejam tuas palavras profecias

Não vejo sem futuro nossos dias.

Podemos emergir deste passado

que tanto nos condena à nostalgia.


Se tu renunciaste ao mel do amor

Por falta de juízo ou coisa assim,

Não foi o mesmo que me aconteceu,

Renunciaram ao amor que havia em mim.


Resta-nos acreditar que ainda vivos

possamos desfrutar de um futuro

e ver os nossos sonhos comovidos,

absolvidos de um passado injusto.




14/03/09



Resposta à Poesia do poeta ACRangel do Recanto das Letras

" Condenados "


Um comentário:

  1. Amei tua resposta. Que ainda nesta vida, aconteça. Obrigado pela atenção e pelo enorme carinho. Convido a todos para que te conheçam no Recanto, onde você se identifica como Solua.
    É um lindo espaço que conheci e recomendo.
    Parabéns pelo talento, pela generosidade e saiba que estarei colocando um link do Menino Sol Menina Lua no meu almatua.

    beijo

    ResponderExcluir

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores