Digital clock

quinta-feira, 26 de março de 2009

A casa dela


A casa dela

não é feia,nem é bela,

nem branca, nem amarela,

mas que segredo ela tem?

Não há grades nas janelas,

nem portão com fechadura,

tem gente que nem agente,

crianças e travessuras.

O tempo que faz lá dentro

é bem diferente de fora,

tem papo pra toda hora,

tem hora de dar um tempo.

Tem pó, risada e café,

mulheres de toda cor

amadas ou mal amadas,

piradas,sensatas, de fé

Quem nunca entrou não conhece,

se não conhece, não fale!

Quem já entrou nunca esquece,

sempre volta porque sabe

que a casa está sempre aberta,

assim como um coração.

Não tem trancas fora dela

mas tem Deus de proteção.

Os olhos que veem demais

usam de linguas profanas

falam cobras e lagartos

jogam pedras, criam fama.

Mas na verdade acontece

que escondem no mal a vontade

de também estarem ali

partilhando esta amizade.



1900...e lá vai o bonde!

Um comentário:

  1. nossa adorei
    vc e uma pessoa iluminada, de uma sensibilidade enorme............
    adorei ter lhe conhecido.
    bjs

    ResponderExcluir

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores