Digital clock

quarta-feira, 31 de março de 2010

Hoje...(27)

Hoje estive a refletir
sobre o que deixarei
de bens...
o que construi de meu?
Nada!
Talvez tenha que ser assim
ou quem sabe ainda não chegou o fim.
Embora os percalços da vida,
a caminhada não é de todo ruim.
Nasci no seio de uma família,
cresci no amor e na justiça,
pude ser mulher, mãe, avó,
e recebi o dom da poesia.
Escolhi a minha profissão.
Tenho teto,pão e alegria.
A liberdade é o meu legado,
o meu tesouro a dignidade e

a minha fé minha razão de ser.
Não sei se humilde ou sem vaidade,
eu sou assim desprovida de luxos,
não que eu não goste ou despreze
mas não me torturo se não puder ter.´

Tenho cá também os meus defeitos,
e um coração que muito se enganou,
é o que sou que deixarei de herança,
se amanhã saudade aqui eu for.


01/04/10



Sentimentos III ...(29)


Ele fala de amor

em suas canções

ele canta pra mim

e pra mim é canção.

Ele chega mansinho

como chega a manhã

tem um brilho no olhar

e um doce nas mãos.

Ele sabe abraçar

e me surpreender,

ele é meu talismã

ele me faz viver.

É cheio de vida

me faz gargalhar

ele só me faz bem

com seu jeito de ser.
31/03/10

Sentimentos III...(28)




Desafiou meu instinto


usando seus enigmas,

e eu absorvi atenta,

calada,

os sinais diversos,

simples, complexos.

Sigo agora atrás

das pistas deixadas,

em sinuosos caminhos,

sem recuos e paradas,

certa de que vou chegar

a um lugar qualquer

que seja até

a ponta do novelo

mas eu chego lá

ao tudo do nada

que você deixou.

Serei seu pesadelo

sua auto condenação.

e respirarei enfim aliviada





30/03/2010

sábado, 27 de março de 2010

Sentimentos III...(27)


A nossa história termina

aonde ela começou

na sala de bate papo

com uma ponta de dor.

Foi tanta a sua insistência

que o meu coração cedeu

e foi com muita inocência

que nele o amor cresceu.

Valeu

por toda armadilha

Valeu

por tanta emoção

Valeu

o caminho dessa ilusão...

Valeu

o rosto escondido

nas suas farsas, valeu!

Valeu,

mas aquele amor morreu.




26/03/2010

sexta-feira, 26 de março de 2010

Sentimentos III...(26)


O que feriu sua alma, poetisa?

Não abandone deste jeito a poesia.

Não nos prive das suas doces linhas

e da riqueza de sua inspiração.

Pensa mesmo que tudo já foi dito?

Não,poetisa, sempre me surpreendo

com novos textos que falam de amor,

cheios de lirismo e de emoção.

Ah! Fica mais um pouco! Vai?

Escreva. Pesque nossa atenção,

com estes olhos verdes, expressivos,

que tão perto falam ao nosso coração!



26.03.2010


*Dedicado à poetisa Neusi Sardá do RL

quarta-feira, 24 de março de 2010

Sentimentos III...(25)


Alma desfragmentada,


perda brutal,desumana.


Sentimentos à flor da pele


gritos presos na garganta.


Na tão cruel desventura


a verdade se foi com ela.


O Brasil chora e implora:


Justiça por Isabella!








24.03.10

Sentimentos III...(24)


Sereia sentada na pedra,

olhar nas águas do mar,

lindo canto que pranteia

Peixe homem vem olhar.

Cabelos soltos ao vento

feitiço à beira do mar,

lança sereia seu canto

pro seu homem enfeitiçar.

Nas águas claras se banha

mulher-peixe, sedução

sereia sentada na pedra

fêz tremer seu coração.

Diante de todo este encanto

o homem do mar se rendeu

sereia na pedra cantando

seu amor correspondeu.

Poesia e fantasia

nos olhos verdes do mar.

No céu estrelas olhavam

os dois na areia ao luar.



23/03/2010



*Aos amigos J e V, com carinho*




Pescadora


Pescadora

adorno

adora

pesca

a dor

de amor

de fora

pira

pura

puta

agora

peixe

vivo

pula

fora.



24/03/10

segunda-feira, 22 de março de 2010

.*.Pensamento.*.


"Nunca desisti das sementes que plantei!"
( CFigueira)

quinta-feira, 18 de março de 2010

Sentimentos III...(23)


Vagueia pelas calçadas

já nem sabe o que é fome.

Cheira cola, pó de rua,

semi-nua, deita e dorme.

Quase virou asfalto

abusou da aventura

insultada, dá de ombros

gargalhando, a criatura.

Mais uma história viva

das mazelas sociais,

sob olhares distraídos

e manchetes dos jornais.




18/03/2010

Sentimentos III...(22)


Toda verdade aparecera


e ela sentiu-se traída,


humilhada, iludida.


Acreditava nas verdades


daquele homem "perfeito"


que lhe oferecia canções


e palavras escolhidas.


Lúcida, forte e guerreira,


lançou ao vento sua ira


e decidiu recuperar


sua paz adormecida.


Num grito de liberdade


disse NÃO às ilusões,


de um amor acorrentado


que somente a consomia.








18.03.2010

Grãos de Mostarda




"Não espere muito das pessoas, mas de você!"


"Quando aprendemos a dizer não, começamos a pensar em nós."


"Muitos dramas seriam evitados se não fôssemos tão teimosos em não aceitar as evidências."


"Um homem de caráter e espiritualizado não se perde em detalhes insignificantes."


"Acabo de descobrir que gostar de você foi como gostar de fumar. Quero comunicar que acabo de deixar o cigarro!"


"Desejamos sempre as mesmas coisas, mas precisamos mudar para conseguí-las."


"Grandes perdas são sinais de grandes ganhos. Deus nunca abandona aquele que Nele crê."


CFigueira

quarta-feira, 17 de março de 2010

º.º.º.º Divagando º.º.º.º


"Não vou deixar de ser quem sou


para agradar a ninguém, mesmo porque


ninguém muda para me agradar."


CrisFigueira

Hoje...(26)


Hoje

me deram o dia,

cai chuva lá fora,

tem cama macia

e livro do lado.

No ar um cheirinho

de sopa quentinha,

silêncio gostoso,

nem saio do quarto.

Já li meus e-mails,

não vou trabalhar,

tem filme às quatro,

bye bye celular!



17/03/2010






domingo, 14 de março de 2010

Hoje (25)


Hunnn...que hoje bem demorado!
Fui pra cama às três da manhã,
depois de um banho gelado.

O sono chegou rapidinho

o corpo estava cansado

e a alma estava feliz!

Acordei com gosto na boca

de whisky a go-go,

já que beijo não rolou!

Mas dancei a noite inteira,

me acabei de tanto rir,

nem vi o tempo passar.

E é domingo, pé de cachimbo!

Energia renovada,

nem ligo se a chuva cair!









14/03/2010


sábado, 13 de março de 2010

Resposta da Lua


De que te queixas,
Irmã Estrela?
Se tens tudo a teu favor:
Luz, grandeza,
beleza e calor!
Não sejas tão insana,
ao julgar-me leviana.
Não roubo o brilho do SOL!
Desdenhas chamando-me falsa,
se falsa foste tu
ao desejar dele atenção!
Incensata não percebeste
a obra do Criador,
que pôs o SOL beijando a LUA,
com raios do seu amor.
Arde o SOL e brilha a LUA
- cúmplice dos amantes,
bailando no espaço, nua.
Em fases tão excitantes.
Belo plasma celestial,
companheira do céu noturno,
não te deixes brilhar solitária.
Há quem te faça cortejos,
entre canções e sonetos,
disperse tuas lamúrias!
Nem com teu pranto lamento,
nem com teu ciúme de irmã,
deixará o SOL a LUA.
Pois que está no firmamento,
escrito em lugar qualquer,
que os dois em eclipse se unam,
Homem SOL - LUA mulher!

Ano 2007*


* Leia "Queixa da Estrela" de Tânia Renato
blog Eu me traduzo.

À queda do desconhecido


Soube-se pouco

ou quase nada,

amou-se o tudo

do lado oposto,

posto à prova

do desconhecido,

amor sem rosto,

sem toque ou gosto.


Fiéis amantes

de fartos seios,

E mentes férteis

- sensuais anseios,

nutriram tolas

suas loucuras,

Senhor da morte,

da sorte e juras.


Mas a vida tece

sua armadilha,

e aos poucos

cairá então,

entre as linhas

febris da solidão.


As damas de copas

ouvirão seus "AS",

e seguirão o cortejo

em oração.

Livres da obsessão,

de um amor que jaz

sem solução.



12.03.10

terça-feira, 2 de março de 2010

Hoje...(24)


Hoje...(sorriso)

Hoje eu lembrei você,

com seu jeito palhaço,

moleque, atrevido.

Que saudade me deu!

Sem querer, com você,

eu vivi algo mal resolvido

da minh'alma menina.

Teve o tempo do vento,

a cor dos seus olhos

e a certeza do fim.

Mas foi bom, foi real.

E ficaram as lembranças

ainda vivas em mim.



02/03/2010



Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores