Digital clock

sábado, 13 de março de 2010

Resposta da Lua


De que te queixas,
Irmã Estrela?
Se tens tudo a teu favor:
Luz, grandeza,
beleza e calor!
Não sejas tão insana,
ao julgar-me leviana.
Não roubo o brilho do SOL!
Desdenhas chamando-me falsa,
se falsa foste tu
ao desejar dele atenção!
Incensata não percebeste
a obra do Criador,
que pôs o SOL beijando a LUA,
com raios do seu amor.
Arde o SOL e brilha a LUA
- cúmplice dos amantes,
bailando no espaço, nua.
Em fases tão excitantes.
Belo plasma celestial,
companheira do céu noturno,
não te deixes brilhar solitária.
Há quem te faça cortejos,
entre canções e sonetos,
disperse tuas lamúrias!
Nem com teu pranto lamento,
nem com teu ciúme de irmã,
deixará o SOL a LUA.
Pois que está no firmamento,
escrito em lugar qualquer,
que os dois em eclipse se unam,
Homem SOL - LUA mulher!

Ano 2007*


* Leia "Queixa da Estrela" de Tânia Renato
blog Eu me traduzo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores