Digital clock

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Sentimentos ... (15)





Hoje,
Lua não sai,
Uma lágrima cai,
Na escuridão da noite,
A saudade trai...


***
Doce mulher da minh'alma!
Encheste meus dias de sonhos,
Vazios de sol, cheios de dor.



Ah! por que partes silenciosa,



Levando contigo o amor?


***

Mulher de arrogantes traços
Em trajes insinuantes
Livre de todo preceito
Ri da vida num bar.
Engana sua alma vazia
Deitando com sua sorte
Incauta se deixa imolar.
***
Dia após dia, a rotina.
Olhos sem direção,

Cerrava a boca faminta,

E adormecia no chão.

Varria a chuva e o vento

A rua e a alma do homem,

Levando sua dignidade.




31/08/09

Sentimentos...(14)


Na noite que se vai silente,

Em sua janela suspira

Uma dor que não se acalma

Sendo dor de amor ausente.

Ícone de todo lirismo,

Senhora dos apaixonados,

A dama de prata escuta

Responde do céu estrelado

Deitando seus raios de luz

Acalenta seu choro velado.




31.08.09

domingo, 30 de agosto de 2009

Sentimentos ... (13)


Sentada em sua cadeira
Onde o balanço a adormece,
Lança olhar na TV
Perdida em recordações...

Ela já não tão ciente,
Reveza suas emoções
Entre o passado e o presente.

Inerte à vida lá fora
Recosta a cabeça e chora
Afagando suas memórias.


30/08/09

Sentimentos (12)


Ela voltara, ansiosa,
Unicamente por amá-lo.
Renunciou ao orgulho,
Insistiu em procurá-lo.
Pensou, que ainda só,
Estivesse a esperá-la,
Disse da sua saudade
Esquecendo sua mágoa.
Surpresa, descobriu
Bem mais que imaginava!
Aquele homem amado
Revelou-se apaixonado.
Batendo-lhe o coração
Onde esteve hospedada.
Sentiu como um punhal
Atravessando sua alma.


30/08/09

sábado, 29 de agosto de 2009

Duplix


A Carta //O Adeus

Li, em gotas .............// Pranto.
Tantas que borraram....// Partida.
Final que me descarta. //Perda.




Israel dos Santos // Solua

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Sentimentos...(11)


Não é desta vida este amor -
Alucinante, apaixonado.
Não, não é, mas ele teima
Cirzindo os fatos do passado.
Instiga e machuca veemente,
Liquida um coração já macerado.
Ah, pudera este amor arrefecer,
Utópico querer exagerado.
Ri,talvez, dos meus delírios,
Indelicado, ser astucioso.
Nega o que por mim ainda sente
Ostentando um romance mentiroso.



29/08/09


quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Modinha de menina


Ai, que saudade de você!
Vontade de te ver.
Não dá pra esconder.
Eu sei que vai dizer
Pra eu te esquecer!

Ai, que vontade de você!
Saudade de te ver.
Escondo meu querer.
Não dá pra te esquecer,
É bom saber!

Ai, que desejo de você.
Eu sofro sem querer
Melhor é te esquecer.
Mas antes vou dizer:
-Amo você!


27/08/09

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Sentimentos...(10)


Wath? my first love?
Ah! Quanto tempo faz!
Lembro pouco do rapaz.
Tamanha pressão havia!
E ele? Ele ficou pr'atrás.
Recordo meu pai que dizia:
Ainda nem tirou as fraldas!
Resmungar nem se podia!
Repressão total,meu caro!
Um dia pensei em ser freira...
Dá pra imaginar a besteira?
Ah! como os tempos mudaram!
Quem me dera poder contar
Um tiquinho de traquinagem!
Eu não passei do selinho
Roubado no fim da tarde.
Imagina minha coragem?-Bobagem!
Dançar é o que eu mais gostava,
Opção bem acertada.
Ah! Eu não era de ninguém...
Mas era bem paquerada! (risos)
Ilusões... quem nunca as teve?
Guardei-as no fundo d' alma
Onde a saudade faz pausa.



*Desafio proposto pelo meu amigo querido Walter Arruda (em acrósitco),poeta do RL*

25/08/09

sábado, 22 de agosto de 2009

Hoje...(21)


Hoje...ah, não me chame!

Preciso me sentir só.

Há tanta informação

neste cérebro cansado!

Isolo-me do mundo.

Nada quero saber

além do que

mostra a TV.

Insossa e sem graça.

Nada de sermões!

Nem análises, culpas,

ou decisões.

Quero silêncio

no meu interior.

Há tempo que

não me permito isso!

Sorrio pra vida

enquanto a vida

me faz chorar

a alma.

Que ninguém vê...



23/08/09

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Sentimentos ...(9)


Sentindo a alma triste, fria
Adormece toda sua vida
Numa tão inexplicável sina
De desenganos e mentiras.
Roubaram-lhe o brilho
Aprisionando-o em porões
Lameados, empoeirados,
Apáticos ao seu sentir.
Mortificada, enfraquecida,
Entrega-se sem saber lutar.
Geme e chora agonizante
O brilho que não foi buscar.



22/08/09

Sentimentos ...(8)


Sabia-se diferente do grupo
Inibia-se por não ser tão bela.
Levava sua vida solitária,
Viajando em suas fantasias.
Imaginava-se uma Cinderela,
Amada, apaixonada e querida.
Realizando assim seus sonhos
Enquanto as outras os viviam.
Gerou muros em seu caminho
Isolando-se num mundo irreal
Nunca soube da beleza do amor
Atrofiando sua história pessoal.


21/08/09

Sentimentos ...(7)


Grávida! ... Grávida?
Isto não estava nos planos.
Lançou-se em desespero
Diante do pior dilema:
O pai! ... O pai?...É, o pai.
O que dizer? a quem dizer?
Lá se foi a sua paz!
Imaturidade? Loucura?
Veste-se de mais coragem
E assume quem quer,
Ignorando quem não quer.
Roda a vida... corre o tempo,
A verdade detona a mulher.


21/08/09

Sentimentos ...(6)


Brilham hoje seus olhos
Enamorados, felizes.
Toda vida esperara
Inutilmente ansiosa.
Não estava na juventude,
Afoita e ingênua,
Mas na idade madura,
Apta para um amor
Recheado de carinhos
Certezas e emoções.
Onde a serenidade
Nela fizesse morada,
Destruindo sentimentos
Eternos de perdas,
Sandices e decepções.


21/08/09

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Sentimentos...(5)


Faz frio lá fora

E a moça chorosa

Revive saudosa

Num álbum de fotos

Antigas lembranças.

Nos olhos azuis,

Distantes dali,

A imagem d'avó,

Xale nas costas,

É só nostalgia.

Refeita ela volta

Enxuga a saudade

Zombando de si.


20/08/09


quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Homenagem a um amigo poeta

Jeito sensível,amável,sincero,
Assim é você, meu virtual amigo,
Irradiando em seus versos uma luz
Reflexo do seu belo interior.
Poeta, aqui estou retribuindo
O seu poema cheio de carinho
E agradecendo a Deus por existir
Tão boa amizade a nos unir, que
Assim seja até onde permitir!



19/08/09

* A Jair Poeta, amigo virtual do RL

terça-feira, 18 de agosto de 2009

De Direito...De esquerda



Não sou insubstituível.....Teses divergentes.


Por vezes, de fato,............Oposição aos fatos.


Axioma negado................Parecer contrário.



Israel dos Santos..............Solua




18/08/09

Sentimentos ...(4)



Já não havia nela a juventude


Apaixonante de ontem, ora


Inocente, ora insinuante.


Recordava com certa saudade


Os tantos romances que vivera


Versados no corpo de mulher,


Agora curvado e enrugado.


Luminosa criatura, inda sorri!


Inspirou-me aqui sua alma lírica,


Onde tracejo as formas do sentir.








18/08/09

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Sentimentos... (3)


Insinuou-se o rapaz,

Seduzindo-lhe a atenção

Revelou-se apaixonado.

A jovem cedeu-lhe o olhar

E enamorada sorriu-lhe

Levitando de emoção.

Devido a alma imatura

Olhos cheios de ternura

Sentia o céu lá no chão.

Suas bocas se afagavam

Atendendo ao desejo

Num lampejo de loucura.

Tola fora e agora chora
O amor que foi embora

Semeando outra aventura.
17/08/09

domingo, 16 de agosto de 2009

Tua Energia ............//............... Teu Carisma


Plasma na mente,...................//Luz na alma.


Sonhos termodinâmicos,....../ /Palavras e ações.


Grandeza anos-luz................/ /Graça divina.









Israel dos Santos//Solua

16/08/09

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Sentimentos (2)


Sorriam

Brincavam

Conversavam

Pareciam mesmo adolescentes.

De repente, sentiam-se

um no olhar do outro,

num momento de ternura

e desejo.

Iam se acarinhando com os olhos,

com as mãos, com os lábios,

até que seus corpos nus,

em movimentos doces e febris,

se conduzissem, se embriagassem

e se entregassem

numa intensa sintonia

de amor e de paixão.

Depois do prazer,

deitavam-se lado a lado.

E juntos, enamorados,

ouviam Chanson Damour...
Foi sempre assim!

Estavam felizes!

Eram felizes!

Mas acabou!



11/08/09


Chanson Damour(Ray Conniff)

Sentimentos (1)


Loucuras do poeta

querer amar

o amor que não é seu

querer sofrer

a dor que não é sua

dourando a folha nua

com versos tantos

repletos

de emoção

ou

tingindo a folha impura

com prantos todos

lançados

do coração.





12/08/09


* Série Sentimentos (II)

Toque de Amor (20)


Sentimo-nos mesmo distantes. Isso nos assusta ou nos faz mais mais próximos?



(Cfigueira)

12/08/09

Toque de amor (19)


Busquei todas as alternativas,mas não foi possível apagar o que foi tatuado em meu coração.


(Cfigueira)

12/08/09

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Toque de Amor (18)


Roça os seus lábios em meus lábios e sinta o sabor do meu gostar.


(CFigueira)


10/08/09

Toque de Amor (17)


Os olhos são sensores do coração. (CFigueira)


10/08/09

Toque de amor (16)


Não alimente sonhos em torno do aparente sentir. Ilusões danificam a alma.


(CFigueira)



10/08/09

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Foi assim...


Ele chegou assim, assim tão sem querer

Dizendo-se poeta me falou de amor,

Unindo nossos sonhos numa só canção,

Abrindo nossa alma a um novo amanhã.

Retribui seus versos, beijos e ...enfim,

Deitei o meu cansaço na sua certeza,

Onde deixei meus medos e me perdi de mim.
06/08/09

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

É um sim?


Foi assim

tão assim

que nem assim

consigo entender

como assim

fiquei assim
muito assim

pensando em você...

05/08/09

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Toque de amor (15)


Delícia


é você




me fazer




voltar a gargalhar




como criança.




(CFigueira)




04/08/09

Toque de Amor (14)


O amor enxerga com os olhos do eterno, a paixão com os olhos do desejo. (Cfigueira)



04/07/09

Toque de Amor (13)


Você é um livro de romance que encontrei perdido e eu desejo folhear. (Cfigueira)
04/08/09

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Hoje...(20)




Hoje...


estou contando estrelas,


estou de bem com a noite,


estou vestida de azul...


Hoje...


canto a beleza das flores,


a emoção dos amores,


o encontro com a luz.




Será que chegou pra ficar?


Será que ele trouxe o luar?


Ou será que é mais uma ilusão?


Ficarão pra depois as perguntas,


deixarei que caminhe ao meu lado,


mesmo breve ... só por hoje então.




02/08/09

domingo, 2 de agosto de 2009

Toque de amor (12)



Quando ouço seu nome viajo até você e minha alma retorna cantando.
(CFigueira)



02/08/09

Toque de amor (11)


A beleza para aquele que ama é apenas um detalhe a mais no outro.
As palavras e as atitudes chegam mais rápido ao coração. (CFigueira)



02/08/09

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores