Digital clock

terça-feira, 17 de março de 2009

E AÍ?


Fui ao mar pra perguntar
porque foi que ele sumiu.
Molhando meus pés atendeu
e respondeu:Calma,Cris!

Fitei sua imensidão,
tentando achar o que se deu.
Manso mar me entendeu
e repetiu: Calma,Cris!

Com os olhos marejados
minha saudade confessei.
No barulhinho das ondas,
murmuru: Calma,Cris!

A incerteza da espera,
o encontro do olhar,
o toque, o abraço, o beijo,
impossíveis de negar.
O amor que sinto é forte
tão bonito quanto o mar
que me perde pra ter calma
mas que não sabe esperar.

Meu coração segue aflito
sem respostas pra me dar...
Não foi real, foi só um sonho,
é melhor assim pensar.
Diz pra ele, amigo mar,
que eu aguardo seu sorriso,
sua volta, ou até seu adeus!
Porém, não deixe em suspiros,
solidão e desalinhos,
meu coração que é só seu!




2003

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores