Digital clock

segunda-feira, 30 de março de 2009

Flor do amor, azul turqueza...


Acredito que não seja minha
a flor do amor verdadeiro
porque nasceu escondida
no vão do despenhadeiro.
Quem sabe em outra existência
a flor do amor brotará
num vale regado de encanto
onde eu a possa alcançar?
Ou na beira de uma estrada,
onde o vento sopra frio,
a flor do amor desejado
encontrarei no caminho...
Não foi minha sina alcançá-la
flor do amor, azul turqueza,
nenhuma flor que eu colhi
teve tamanha beleza!


30/03/09






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores