Digital clock

domingo, 10 de janeiro de 2010

Que pena!


Socorro!!! Onde está o brio?

Seu lixo me estarrece.

O que li foi cruel

e apodrece

entre os abutres

que saboreiam

da sua inteligencia torpe.

Por fora a farda elegante

do homem culto e gentil.

Por dentro os trapos

revestem uma insanidade

senil.

Escorre a saliva amarga

das palavras ditas.

Que pena! Infeliz?

Calculista, frio, sem alma,

o homem se dirige

ao seu inevitável

e solitário fim.







10/01/09


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores