Digital clock

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Soneto em oração


Não se perca sua mente insana
em enganos e deslealdades,
pois a guarda divina se apressa
a defender-me das iniquidades.

Não temo a sua lingua áspera
injuriosa a ferir-me a alma,
pois em Deus espero e confio,
mantendo a lucidez e a calma.

Não gaste comigo precioso tempo
e nem um frasco do seu veneno,
há frutos, pra se cuidar, morrendo.

Olha a volta o seu jardim de bençãos,
esquece as mágoas e malevolências.
Pois são maiores minhas recompensas.


02.12.10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores