Digital clock

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

SERPENTES




Mentes insanas,

Cruéis serpentes

Farejam presas

Seus alimentos

Das almas suas

Dos vis intentos

Pobres dementes

Que a dor exala.

Rastejam sujas

Por entre as flores

Semeiam prantos

Provocam males

Caminhos turvos

Entre os amores

São de ninguém

Ninguém os tem.

Armam ciladas

Servem de visgos

Excitam tolos

Venenam o bem

Lamento todas

Mortais serpentes

Que a terra ferem

letais sementes.

10/02/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores