Digital clock

segunda-feira, 11 de maio de 2009

A tristeza mora longe




Resolvi fazer uma festa


dentro do meu coração


convidei os sentimentos


foi um grande emoção.


A alegria vestida de longo


chegou de braços com a paz


Que belo o estilo do amor


que tanta diferença faz!


Alguns chegaram bem tarde,


outros nem esquentaram lugar


assim como o ciúme e a inveja


que foram só pra olhar.


Não me fiz de rogada e


nem me importei com a dor


que no cantinho da sala


reclamava do calor.


Foi uma grande euforia,


entre os convivas afins


quando cantou a saudade


que vive dentro de mim.


E no final desta festa


ao verificar as presenças


fui falar com esperança


pois eu não vi a tristeza.


- Ah, disse-me ela surpresa,


eu lhe falei disso ontem.


Ela nunca vai às festas,


a tristeza mora longe!








* Para a Ciranda de Maysa




11/05/09




Um comentário:

  1. TRISTEZA MORA LONGE, E PASSEIA DE BICICLETA, VAMOS FAZER BURACOS NA RUA....ASSIM ELA DEMORA MAIS À CHEGAR....RS

    ADOREI
    VÂNIA

    ResponderExcluir

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores