Digital clock

sábado, 16 de maio de 2009

A um amigo cometa


Meu amigo solitário
da madrugada amante
de voz grave, tranquila
e de olhar penetrante
penso às vezes em ti
sinto uma doce saudade
sempre boa companhia
não te faltava a verdade.
Onde andarás, meu amigo?
em que canto te escondeste?
por que não vens ter comigo?
Foste um cometa errante
que cruzou o meu caminho
deixando no rastro carinhos.
16.05.09

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores