Digital clock

domingo, 19 de abril de 2009

Minha voz neste silêncio


Por que não sentamos

à beira deste silêncio

e abrimos nosso coração?

Não faz sentido vivermos

uma verdade tão falsa

fingindo uma relação.

Juntos poderemos rachar

a força deste iceberg

e quem sabe encontrarmos

a resposta para nós dois?

Primeiro resolvemos o hoje

de mãos dadas com a verdade,

o depois ficará pra depois...


19/04/09


Réplica ao poema: Vozes do Silêncio (Euripedes Barbosa Ribeiro)

Recanto das letras - código T 1547195

Com meu carinho poeta!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)

Viagem...(João Aquino e PC Pinheiro)
Oh! tristeza me desculpe, estou de malas prontas,hj a poesia veio ao meu encontro já raiou o dia, vamos viajar...
Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Adorei sua visita!

Deixe seu comentário.Ele é muito importante pra mim. Cris Figueira*

"Espero no seu tocar a sutileza das asas da borboleta."(Cris)

Seguidores